Bispo católico é preso em operação que investiga desvio de R$ 2 milhões

0
18

O Ministério Público de Goiás deflagrou a Operação Caifás, que investiga desvios de cerca de R$ 2 milhões por meio da administração central da diocese de Formosa e de paródias associadas. Estão sendo cumpridos por policiais civis 13 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão nos municípios de Formosa, Posse e Planaltina, em residências, dependências da diocese e em um mosteiro.

Um dos suspeitos é o busco José Ronaldo Ribeiro. Mineiro de Uberaba, que já trabalhou em Janaúba, ontem também esteve envolvido em denúncias de irregularidades na movimentação de recursos da igreja.

O dinheiro desviado vem de dízimos, doações e taxas pagas para cobrir batismos, casamentos e cerimônias. Segundo o MP, com o avanço das apurações, é muito provável que a quantia subtraída pelo grupo supere a estimativa informada pela assessoria de imprensa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here